Quando se fala de sofrimento psíquico é comum o questionamento sobre a eficácia dos métodos terapêuticos existentes, algumas pessoas têm dúvida sobre o uso dos medicamentos e sobre a necessidade ou não da psicoterapia juntamente com a administração dos remédios; embora cada caso seja avaliado individualmente é importante tentar esclarecer algumas dúvidas em relação ao tema.

Quando há sofrimento psíquico, seja com uma ansiedade excessiva ou uma depressão, ou outros sintomas de cunho psicológico, alguns pacientes resistem a consultas com psiquiatras, pois associam ainda com a idéia de loucura; já outros resistem a consultas com psicólogos, pois imaginam que não tem nada para falar, desejando recorrer somente ao medicamento.

Learn more