No começo da vida escolar dos filhos, os pais carregam muitas expectativas, afinal é uma nova e importante etapa no desenvolvimento infantil. Com o passar do ano letivo, algumas famílias e pais, observam que algumas crianças não demonstram o resultado esperado, mas porque isso acontece? Quais fatores interferem na aprendizagem?

Geralmente as escolas logo observas as crianças que tem alguma dificuldade no processo de aprendizagem, por não conseguirem acompanhar o ritmo da turma, ou mesmo desempenhar atividades tão bem quanto outras crianças; nesse momento a postura da família é fundamental, pois alguns pais esperam que com o tempo o problema se resolva, enquanto outros, logo buscam entender o que está acontecendo.

Na maioria das vezes, são crianças com inteligência normal, mas que não conseguem aprender da mesma forma que as outras da sua mesma faixa etária; nesse momento podemos falar que possuem um perfil cognitivo diferente, mas nem por isso, que não possuem capacidade de aprendizagem.

Mas o que acontece com essas crianças? É importante citar que não há um único fator que interfere no processo de aprendizagem, podem acontecer problema orgânicos ou psicológicos.

Nos casos de problemas orgânicos impedindo a aprendizagem, é necessário uma avaliação e intervenção em equipe multidisciplinar, alguns exemplos são saúde física deficiente ou mesmo problemas neurológicos; no caso de causas psicológicas, é indicado a psicoterapia e alguns casos o atendimento psicopedagógico.

No caso de problemas psicológicos interferindo na aprendizagem, a criança geralmente apresenta um desempenho escolar baixo, relacionado a questões emocionais e /ou familiares; sem ter envolvimento orgânico.

Não podemos deixar de mencionar que há também fatores ambientais que interferem como grau de estimulação, influência do meio, questões escolares, entre outros.

Para a avaliação e tratamento da dificuldade é imprescindível a parceria entre família, escola e criança; dessa forma, juntos podem realizar intervenções em relação ao que está prejudicando a criança.

Nesse momento, imprescindível a busca de um atendimento especializado, que terá como objetivo identificar as dificuldades que estão prejudicando o processo de aprendizagem da criança ou adolescente e oferecer possibilidade de superação.