É comum encontrar artigos e textos informativos sobre o desenvolvimento infantil e sobre adolescência, mas quando se fala sobre a transição entre essas duas fases não é muito comum encontrar muitas informações como dicas e sugestões em relação aos pré-adolescentes, por isso trago hoje um breve texto sobre essa fase.

De acordo com o estatuto da criança e adolescente, a adolescência começa aos 12 anos de idade, portanto, dos 09 aos 12 anos é o que podemos chamar de pré-adolescência, mas não há uma idade fixa começar, pois fatores culturais e físicos, podem interferir no comportamento.

Na idade dos 09 anos as crianças estão começando a planejar para frente, o que leva a hobbies como fazer coleções. Responderão à pressão dos colegas e podem trabalhar cooperativamente num ambiente de grupo, embora, como preferem a companhia de seu próprio sexo, grupos mistos possam ser mais difíceis de administrar.

Crianças de 9 anos tendem a responder a sentimento de culpa e não precisam que lhes expliquem para reconhecer o certo e o errado. Já gostam de assumir algum tipo de responsabilidade.

As amizades são de grande importância para a maioria das crianças de 10 anos e podem se tornar mais relevantes para ela do que a própria família. A diferença entre os sexos se amplia, uma vez que as meninas amadurecem mais depressa e olham para os meninos com um certo ar de superioridade. Porém, crianças dessa idade ainda gostam de sair com a família, especialmente se puderem levar um amigo junto.

Crianças no início da adolescência podem variar muito na forma de se comportar, e algumas dessas variações estarão ligadas ao seu desenvolvimento físico. Elas buscarão o controle em si próprio e não num adulto, mas, em muitos aspectos, ainda não estão prontas para isso. Tipicamente, são bastante argumentadoras, conforme começam a formar suas próprias ideias e identidades.

Crianças de 11 anos podem parecer muito instáveis no plano emocional, tornando-se subitamente bravas ou rindo histericamente. Podem expressar sua raiva danificando objetos ou mesmo batendo nos outros. De fato, os jovens neste grupo etário não costumam ser muito bons para cuidar de si próprio ou de seus pertences. Seu quarto pode ser uma bagunça, com até mesmo as roupas favoritas espalhadas pelo chão. Sentem-se cansados, mas detestam dormir e não gostam de levantar da cama de manhã. Porém, geralmente são melhores na escola do que em casa, e ás vezes apreciam competir com os outros. Estes jovens adolescentes estão se tornando mais lógicos em seu pensamento e isto se estenderá para assuntos fora da sua experiência direta.

Aos 12 anos de idade, pode se assentar um pouco e, desta forma parecer mais ansioso por agradar. A escola pode ser muito importante nessa idade, pois os jovens começam a trabalhar de forma mais independente e a participar de discussões. Alguns dos extremos aparentes aos 11 anos são agora evidentes de outra maneira, já que o adolescente de 12 anos pode se mostrar muito entusiástico em relação a algumas ideias ou, no externo oposto, odiá-las. Há um interesse crescente pelo sexo oposto. Quando uma adolescente de 12 anos fica bravo, ele pode usar atitudes físicas para demonstrar a sua raiva, apesar de ser capaz de se expressar verbalmente.

Aos pais que convivem com crianças dessa idade sempre digo que é muito importante estar por perto, mas de forma a respeitar o espaço deles, dessa maneira assim que eles sintam que é necessário irá procurá-lo.

Torne ambiente diário um espaço agradável e harmônico!

E você? Observa essas características no seu filho pré-adolescente?